sábado, 25 de outubro de 2008

O CD tropicalista da Nara



Que maravilha é a Nara.

Que voz.

Que mulher.

Eterna musa da bossa nova, é verdade. Mas com sua completude somente revelada como madrinha do tropicalismo.

Por isso, é mais do que bem vindo o empenho da Universal Music em lançar uma coletânea dupla com todas as músicas dessa fase.

Com composições do cancioneiro popular tradicional, como Lamartine Barbo, Ary Barroso e Joubert de Carvalho, e dos velhos e novos baianos: Dorival Cayimi, Gilberto Gil, Caetano. Até Alberto Nepomuceno, o precursor de Villa Lobos está no rol de músicas interpretadas por Nara. Some a luxuosa orquestração barroca do maestro Rogério Duprat, e voalá: delícias postas à mesa.

Como pode ser vista, a arte da capa é um caso a parte.

Bom apetite.

Um comentário:

rosana disse...

que linda as fotos deste post. as duas!